sexta-feira, 26 de novembro de 2010

CONVERSÃO DE UM BISPO CATÓLICO

Durante a Segunda Guerra Mundial HELMUT MAAS estudou e tornou-se Doutor em Teologia e foi ordenado Padre na Igreja Católica Romana, Igreja da Polônia. Logo ele se tornou íntimo do Bispo que era seu superior na época. A seguir seu supervisor foi promovido a Arcebispo, e ajudou o Padre (que lhe era altamente recomendável) a assumir o seu lugar no bispado.Quando a guerra terminou a União Soviética, que ocupou a Prussia, Polónia, e a Alemanha Oriental, anunciou que a Prússia e a parte oriental da Polónia eram propriedades Soviéticas, mas em troca pela sua apropriação da Polónia Oriental eles dariam  parte da área da Alemanha ocupada. Muita gente das áreas  anexadas, temerosas de viver sob domínio Soviético, partiu a-pé de seus lares deixando seus pertences, levando apenas o que podiam carregar ou podia ser colocado em carros de mão ou em carroções ( em caso de serem afortunados o bastante para terem carros de mão ou carroções ). Eles tinham de procurar novos lares em países já quase desprovidos de abrigo em razão da guerra. Muitos poloneses dirigiram-se às novas áreas recebidas da União Soviética na Alemanha Oriental uma que pudesse satisfazer suas necessidades espirituais na nova área ocidental da Polónia e Alemanha Oriental; a Igreja Católica determinou aos padres de fala polaca que fossem para lá.A maneira com que o Senhor realiza "Seus propósitos" é maravilhosa a nossos olhos. Seu conhecimento perfeito de todas as coisas e Seu Poder Onipotente torna fácil a Ele realizar seu trabalho. Certo dia Dr. Maas descia caminhando certa rua em Dresden (bem a oeste da nova fronteira designada à Polónia) quando ele teve urgente necessidade de ir ao banheiro. Ele conhecia o carácter da vizinhança e sabia ser inconveniente para um servo de Deus ser visto entrando ou saindo de qualquer das casas ao longo daquela rua. Mas do outro lado da rua havia uma Capela da Igreja Mórmon; era uma das capelas construídas antes da guerra e tinha sido preservada miraculosamente. Ele então decidiu que seria bem melhor para ele sair ou entrar em uma Capela do que de qualquer outro lugar. Ao entrar na Capela SUD (Santos dos Últimos Dias) ele foi recebido gentilmente. Quando pronto para partir ia agradecer ao homem que o havia ajudado, o irmão replicou: "É um grande prazer servir-lhe. Por favor sinta-se à vontade para retornar quando quiser. Antes de partir, eu tenho alguns livros que gostaria de presentear-lhe - o senhor os leria?" O Bispo respondeu: "Naturalmente eu os lerei!" Assim ele os colocou em sua batina e partiu.De volta a seu apartamento tirou os quatro livros que prometera ler. Eles intitulavam-se: Das Buch Mormon (o Livro de Mórmon), Die Lehre und Bundnisse und Kostlich Perle (Doutrina e Convênios e Pérola de Grande Valor, Jesus der Christ (Jesus o Cristo), e Em Wunderbar and Seldsames Werk (Uma Obra Maravilhosa e Um Assombro). Ele leu os livros e ficou chocado ante a angústia de compreender que ele não fazia parte da Igreja do Senhor. Assim sendo, ele aposentou-se como Bispo.Quando alguém termina sua vida produtiva na Alemanha Oriental ele se torna livres para deixar o País caso o deseje. Por que o governo da Alemanha Oriental pagaria uma pensão a alguém que desejaria deixar o País e partir? Naturalmente, a pensão não vai com eles!Em razão de seus filhos e netos não poderem visitá-los até que também se aposentem - e também não podem voltar para visitá-los, (no tempo da ocupação Soviética da Alemanha Oriental - N.T. ), poucos partem. Embora o governo da Alemanha Ocidental provê uma pequena pensão para aqueles que desejam deixar a Alemanha Oriental, poucos a aceitam. Mas Dr. Maas não tinha filhos e sua pensão vinha da Igreja Católica, assim sendo ele decidiu partir e estabelecer-se em Kaiserslautern; Esta talvez seja a única cidade na Europa onde há uma capela SUD na rua principal, no centro da cidade. Dr.Maas imediatamente reconheceu-a e se apresentou lá no domingo seguinte para assistir à Escola Dominical, no horário ali exibido. Entretanto, ele não conseguiu conversar com ninguém, eles eram todos estrangeiros falando alguma língua estrangeira, Inglês! Kaiserslaughtern localiza-se na floresta próxima à base do Exército Americano, onde muitos homens SUD estavam servindo. Esses soldados haviam construído a capela, e eram os primeiros a usá-la nas manhãs de domingo.Dr.Maas saiu desapontado, e voltou ao apartamento.Entretanto, um dia duas jovem senhoritas missionárias vieram à sua porta.Quando abriu a porta uma delas segurava um Livro de Mórmon e perguntou-lhe em alemão: "O senhor já viu este livro?" Ao que ele respondeu: "Por favor , entrem." As jovens missionárias ensinaram-lhe as palestras, e ele concordou em ser batizado. Mas uma delas então notou uma foto de um homem em trajes clericais e perguntou quem era ele, "Sou eu. Como vê, sou um Bispo aposentado da Igreja Católica". As missionárias ficaram paralisadas. Será que a Igreja SUD permitiria o batismo de um Bispo Católico aposentado? Que tipo de perseguição ele sofreria se o fizesse? E será que essa perseguição realmente ocorreria? (pela sua anterior filiação). Mas sua constatação era de que os alemães não eram um povo muito inclinado à religiosidade, uma vez que poucos aceitavam ouvir sua mensagem. Alguns missionários completavam seu tempo de missão sem conseguir que uma única alma ouvisse sua história a respeito da restauração e aceitasse o batismo.Quando o problema foi levado ao Presidente da Missão ele perguntou: "Ele cré em Jesus Cristo? Sim. "Ele acredita em Joseph Smith como sendo um Profeta de Deus?" Sim. "Ele acredita ser o Livro de Mórmon a palavra de Deus?" Sim. "Ele está disposto a cumprir os mandamentos de Deus, incluindo o pagamento de dízimos, e ajudar na construção do Reino?" Sim. "Existem transgressões imperdoáveis em sua vida que o impeça de ser membro da Igreja?" As missionárias não acreditavam nisso. "Vocês não podem impedir o batismo de um fiel e obediente seguidor de Cristo, apenas porque ele foi um Bispo Católico." Assim, o Dr. Maas foi batizado; o ano era 1976.Na Alemanha Ocidental a filiação religiosa de uma pessoa é assunto de registro do Estado, porque o governo coleta a renda de certas igrejas advinda das deduções da folha de pagamento e que são denominadas "Taxa da Igreja" A Igreja SUD é uma das quatro igrejas reconhecidas pelo governo da Alemanha Ocidental. Assim sendo, os dízimos podem ser deduzidos se a Igreja assim o desejar. Dessarte, quando Dr.Maas foi batizado ele foi à Prefeitura e mudou sua filiação da Igreja Católica para Santo dos Últimos Dias. Quando a Igreja Católica foi notificada de que Dr.Maas tinha retirado seu nome dos registros da Igreja eles cancelaram sua pensão.Dr.Maas teve de requerer a "Pensão dos Idosos", como refugiado da Alemanha Oriental. Entretanto, a pensão dos Idosos nem de longe atingia o montante da que ele recebia como Bispo Católico aposentado. - mas, acerca de dois anos mais tarde Dr. Maas recebeu uma carta pessoal do novo Papa, João Paulo II, que dizia:Querido Dr. Maas,Fiquei sabendo que sua pensão foi cancelada porque você deixou a Igreja. Gostaria de convidá-lo a vir a Roma como hóspede da Igreja para discutirmos a possibilidade de restaurarmos sua pensão."Dr.Maas respondeu que ficaria feliz em visitar o papa. O Vaticano fez os arranjos necessários, incluindo uma entrevista de hora e meia de certo dia, para os velhos amigos se encontrarem. Lembre-se, o Papa João Paulo II, é o primeiro papa não italiano desde 1523. Ele era polonês. De fato ele havia mesmo sido o Bispo e mais tarde o Arcebispo que fez de Dr. Maas um Bispo na Polônia.A hora e meia passou como um relâmpago e à 1:30 o Papa disse a seu Secretário, "Remarque meus compromissos"! Pois ele estava ouvindo a história de Joseph Smith Jr., do Livro de Mórmon, e sobre a Restauração através de seu velho amigo, Dr. Maas. Novamente às 2 horas, 2:30, 3:00 hs. 3:30, 4:00, 4:30 ele disse a seu secretário para remarcar seu próximo compromisso! Ele discutiu a Restauração até às 5:00 hs quando então disse: "Tenho de ir agora; não posso cancelar meu próximo compromisso. O que será às 5 horas? Você vai restaurar sua pensão?" "Não, agora possuo o Sacerdócio de Deus e você não. Se eu tivesse que deixar a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, eu perderia tudo que realmente importa. Mas antes de eu partir eu tenho alguns livros que gostaria de dar-lhe. Se eu lhos der o senhor os lerá?" O papa disse que sim, então Dr. Maas deu-lhe o Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios e Pérola de Grande Valor, Jesus o Cristo, Uma Obra Maravilhosa e Um Assombro. e partiu.No decorrer dos anos a Igreja SUD tem enviado Dr.Maas a Roma em várias ocasiões, para cuidar de assuntos com o Papa. Em sua última visita , em 1986, João Paulo II prometeu a Dr. Maas que enviaria uma diretriz a todas as Dioceses para cooperarem com os Santos na microfilmagem de nacimentos, casamentos e motes registrados pelas Paróquias Católicas. Dr. Maas disse que o Papa convidou-o a jantar com ele naquela noite, e foi um acontecimento de gala com muita gente. O papa assentou-se ao lado de seu velho amigo e quando acomodado ergueu uma taça de vocka, diante de Dr. Maas e disse, "Dr. Maas, todos temos uma taça de vodka esta noite, mas você é um mórmon agora, assim sendo não pode beber nem um pouco."Dr. Maas virou-se para David Horn ao final da entrevista acima e disse: "Naturalmente, eu não queria nenhuma vodka de qualquer maneira."(História do Dr. Professor Helmut Maas; nascido a 25 de agosto de 1918, na Polónia. Entrevista conduzida por David H. Home, Ph.D. BYU. Na Alemanha Ocidental - Julho de 1987).

Sem comentários:

Enviar um comentário

Queira deixar seu Comentário.